[spacer] [spacer]
Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.
[spacer] [mc4wp_form id="4890"] [spacer] Zapisz Zapisz

Sobre a falta de libido masculina: entenda mais.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Sobre a falta de libido masculina: entenda mais.

Por definição, a falta de libido é a redução dos impulsos sexuais. E nem sempre isso significa um problema sério. A primeira informação importante é saber que, à medida que o homem fica mais velho, a libido diminui e é natural que isso ocorra.

Além disso, existem outras causas relevantes que podem gerar impactos na libido, como:

  • Fatores psicológicos como depressão, ansiedade e até problemas de relacionamento,
  • Uso contínuo de medicamentos
  • Baixos níveis de testosterona no sangue.

Para você entender um pouco mais, falaremos sobre cada um deles abaixo:

Depressão – Quadros depressivos afetam diretamente a libido (tanto masculina quanto feminina), pois mexem com a auto estima, energia, sensação de bem estar e disposição. E não podemos deixar de lembrar que o ato sexual exige disposição física e mental. Como uma pessoa diagnosticada com depressão, tende a se isolar de convívio social e encontra dificuldade de realizar tarefas simples da rotina, o sexo é impactado. O que acontece nesses quadros é que o paciente não vê motivação em fazer absolutamente nada. Nem o que lhe gera prazer.

Baixo nível de testosterona – Depois dos 30 anos é natural que os níveis de testosterona caiam aproximadamente de 1% ao ano. Depois dos 40, essa diminuição é ainda mais relevante. Assim sendo, os efeitos colaterais da queda de níveis de testosterona são: menor disposição, acúmulo de gordura abdominal, perda de massa muscular e a perda de libido.

Ansiedade – Outro fator que impacta diretamente a falta de libido masculina é a ansiedade. Homens com problemas de ansiedade, TOC ou pânico, podem sofrer com esse quadro já que, em casos assim, o estado mental e psicológico do paciente é determinante pra que ele tenha apetite sexual e vontade de se relacionar.

O importante é se cuidar. Ao perceber que algo não está bem, peça ajuda.
O auto cuidado é 100% nossa responsabilidade! E não há nada que não possa ser resolvido com tratamento, conversa e boa informação!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×