Saúde sexual masculina: entenda quais são os principais problemas que acometem os homens e quais os tratamentos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

As questões relacionadas à saúde do homem estão deixando, aos poucos, de ser tabu. No entanto, mesmo amplamente abordadas em canais de comunicação, ainda não sensibilizam boa parte do público masculino. Exemplo disso é um estudo feito pelo Ministério da Saúde que aponta um dado preocupante: só 28,4% dos homens têm o hábito de fazer exames de rotina, enquanto o percentual entre as mulheres é significativamente maior, com 40,3%. Com isso, a saúde sexual masculina é deixada de lado podendo levar a problemas como disfunção erétil, ejaculação precoce e problemas de libido. 

Mas fique tranquilo, pois eles têm causas, mas também têm tratamentos. Vamos explicar um pouco sobre os principais problemas relacionados a saúde sexual masculina e como tratá-los!

tratamentos

Ejaculação precoce

Apesar de muitas pessoas associarem a ejaculação precoce a questões psicológicas, isso não é verdade na grande maioria dos casos. O problema, que acelera o processo de ejaculação durante a relação sexual, é um distúrbio orgânico que se caracteriza pela hipersensibilidade da glande peniana, ou seja, quanto mais sensível, mais rápido acontece a ejaculação. Para fazer o diagnóstico, é necessária uma conversa entre o médico e o
paciente, e a solicitação de alguns exames pode ser necessária.

Falta de libido e a saúde sexual masculina

A falta de libido é o terceiro principal problema que afeta a saúde sexual do homem. É a falta parcial ou completa do desejo sexual e pode causar distúrbios como perda de ereção e dificuldades em alcançar o orgasmo. Entre as principais causas podemos destacar a deficiência de testosterona e os distúrbios das glândulas tireoide e hipófise. As formas de tratamento podem ser com o uso de medicamentos e a mudança de alguns remédios que podem causar a falta de libido, como os psicoterápicos, por exemplo.

Impotência sexual

A impotência sexual é a dificuldade do homem em ter ou manter uma ereção. O problema é identificado quando o indivíduo apresenta essa dificuldade em, no mínimo, 75% de suas relações. Veja, a ereção acontece quando os vasos sanguíneos se dilatam e preenchem os corpos cavernosos. Ela depende diretamente do fluxo de sangue para o pênis. Portanto, quando o sangue não circula adequadamente na região, acontece a disfunção erétil, que é a incapacidade de manter uma ereção suficiente para uma relação sexual satisfatória.

Existem diferentes fatores que levam à impotência sexual, como diabetes, hipertensão, obesidade, problemas cardiovasculares, alcoolismo, tabagismo e problemas emocionais e psicológicos. Os tratamentos podem ser com medicação, reposição hormonal, enrijecimento peniano por sucção e prótese peniana.

Problemas de ereção

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a disfunção erétil afeta 30% da população masculina brasileira. Além disso, um estudo da Universidade de São Paulo (USP) revela que os problemas de ereção correspondem a metade dos problemas sexuais masculinos.

A maioria das causas desse problema são fatores físicos, como obesidade, sedentarismo, tabagismo, diabetes, aumento do colesterol, pressão alta, entre outros. Além disso, a disfunção erétil pode ser um sinal precoce de doenças cardiovasculares, justamente porque a ereção depende da circulação de sangue e dilatação dos vasos sanguíneos.

Saúde sexual masculina: qualidade no tratamento só com especialistas

Certamente você já ouviu falar sobre homens que fazem uso de estimulantes sexuais sem a orientação, prescrição e acompanhamento de um médico especializado. Isso pode acarretar problemas sérios como ataques cardíacos, acidente vascular cerebral (AVC), entre outros. Além disso, eles não são um tratamento, mas sim um “quebra galho” para uso emergencial. Clique aqui e entenda mais sobre os riscos do uso de estimulantes sexuais.

O ideal é procurar profissionais especializados que vão buscar a causa do problema e tratar da forma correta. Assim, o paciente terá uma boa saúde sexual sem precisar recorrer a medidas emergenciais. 

É por isso que a Lifemen, clínica que há mais de 15 anos cuida da saúde do homem de forma integrada, tem uma equipe médica especializada para tratar de assuntos relacionados a disfunções sexuais e assuntos relacionados à saúde do homem de forma sigilosa e totalmente ética. Durante a consulta o paciente tira todas as suas dúvidas e é encaminhado para um tratamento personalizado. Acesse o site e agende uma consulta: https://www.lifemen.com.br/ 

tratamentos