[spacer] [spacer]
Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.
[spacer] [mc4wp_form id="4890"] [spacer] Zapisz Zapisz

Saúde sexual masculina: como ela pode determinar sua produtividade

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

saúde sexual masculina

Para trabalhar com sucesso e produzir bastante, o homem precisa gozar de boa saúde e ter uma boa disposição. Todos sabem que praticar exercícios físicos, manter uma boa dieta e ter uma noite de sono tranquila ajudam a ter mais disposição e, consequentemente, a produzir mais e melhor.

De modo geral, não se associa a saúde sexual do homem ao seu nível de produtividade. Leia o post e veja como a saúde sexual masculina pode afetar o quanto o homem produz!

O desenvolvimento de atividades diárias

Aparentemente, não existe uma relação tão crucial entre saúde sexual e produtividade, seja no trabalho, seja em atividades diversas fora dele. Mas nem sempre é assim.

O homem é um complexo de mente e corpo e é essa união que faz com que ele se sinta disposto ou não, tenha ou não ânimo para fazer as coisas. Tanto é assim que um homem completamente saudável fisicamente pode ficar totalmente inutilizado devido à depressão.

É preciso lembrar que a saúde sexual masculina não está dissociada da saúde geral do corpo, ou seja, uma tende a influenciar a outra e gerar efeitos positivos ou negativos.

A baixa produção de testosterona

Um exemplo de como aspectos sexuais podem interferir na produtividade é considerando o hormônio sexual testosterona. Além de estar ligado à potência sexual, ao bom desempenho na cama, a uma vida sexualmente ativa, ele também está relacionado à força física, ao desenvolvimento da musculatura e à disposição e capacidade para exercer certos trabalhos, especialmente os mais pesados.

Se há algum tempo, o homem vem sofrendo queda na produção de testosterona, apresentando quadros de disfunção erétil e baixo libido, ele também poderá produzir menos em seu trabalho e na faina diária, sentindo-se indisposto para realizar ações que exijam força física e mesmo o controle de equipamentos e máquinas.

Com a idade, a produção de testosterona vai diminuindo, mas podem existir outros fatores que influenciam nessa queda hormonal.

clínica Lifemen

A desatenção, o desestímulo, a depressão

Outro exemplo de como a saúde sexual masculina pode interferir na produtividade quando o homem está com sérios problemas sexuais, como impotência ou falta de desejo sexual. Quando ele é habituado a praticar sexo regularmente, certamente esses problemas vão repercutir negativamente em toda a sua vida, inclusive no trabalho.

Preocupado com sua situação, ele acaba trabalhando sem muita disposição e com menos atenção, o que provoca menor produtividade e aumenta os riscos de acidentes. Se ele for alvo de chacotas no ambiente de trabalho, a situação poderá ser pior ainda.

Quando seus distúrbios sexuais provocam conflitos no relacionamento com a parceira ou mesmo o rompimento da relação, as consequências podem chegar até ao abandono do trabalho, de forma temporária ou definitivamente.

A verdade é que uma saúde sexual abalada pode conduzir à baixa autoestima e ao desenvolvimento da depressão, prejudicando sua vida profissional e pessoal.

O sexo e a liberação de energia

Muitos homens usam o sexo como uma forma de liberar suas energias e o estresse do dia a dia, especialmente aquele resultante do trabalho. Se a saúde sexual masculina não anda bem (seja por disfunção erétil, ejaculação precoce, perda de libido, desempenho precário), ele terá mais dificuldades em liberar suas emoções e estresse.

Há outras formas de fazer isso, mas se o homem está habituado a ter nas relações sexuais uma forma eficaz de contrabalançar o acúmulo de pressão e os compromissos da vida, sem dúvida, ele ficará mais limitado devido aos problemas sexuais. No trabalho, a tendência é que acabará produzindo menos e tornando-se, talvez, mais propenso à fadiga e à irritação.

A saúde sexual masculina ajuda a produzir mais

Desse modo, percebe-se que cuidar de sua saúde sexual pode ser determinante para o seu desempenho, não somente na cama, mas no trabalho e em outras atividades de rotina.

O homem que não sofre de disfunção erétil, nem com ejaculação precoce ou falta de libido tende a produzir mais porque goza de saúde integral, envolvendo todo o seu organismo. Na verdade, o homem satisfeito consigo mesmo é mais feliz e mais produtivo.

O que você pensa sobre a saúde sexual masculina e a produtividade? Deixe seu comentário nos espaços abaixo!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×