Libido masculina: Saiba como tratar a falta de desejo sexual nos homens

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

A falta de libido masculina é um assunto pouco abordado quando se fala sobre a saúde sexual do homem. Isso porque a libido é culturalmente atribuída às mulheres, o que preocupa, pois o tema ainda gera muitas dúvidas sendo confundido com impotência sexual, quando na verdade são problemas distintos. 

Entenda nesse artigo o que é a falta de libido masculina, como diagnosticar e quais os tratamentos disponíveis para uma vida saudável.

tratamentos

O que é a falta de libido masculina

A falta de libido é a diminuição ou ausência do desejo sexual do homem, podendo ter causas físicas ou psicológicas. É o terceiro principal problema que afeta a saúde sexual do homem, levando a outros distúrbios, como perda de ereção e dificuldades para alcançar o orgasmo (disfunção orgásmica).

De forma geral, a libido masculina está diretamente ligada à testosterona, hormônio fundamental para a saúde sexual do homem, que atinge seu pico na adolescência. Com a idade, é comum a redução do nível de testosterona. No entanto, essa redução pode ser maior devido a distúrbios das glândulas tireóide e hipófise por conta do aumento de gordura e açúcar no sangue (obesidade) ou pelo uso exagerado de drogas. 

Entenda o que causa a falta de libido masculina

Além da perda da testosterona com o passar do tempo a partir dos 40 anos, outros fatores na saúde do homem são essenciais para entender o que causa a falta de desejo sexual:

Fisiológicos

Homens com obesidade têm mais incidência de desenvolver a falta de libido. Isso porque estar acima do peso eleva os níveis de gordura e açúcar no sangue, que podem acarretar problemas cardiovasculares, diabetes e hipertensão, que resultam na queda da testosterona. Há também casos como doenças renais crônicas, câncer de próstata, entre outros que podem acarretar a falta de libido.

Problemas hormonais

Outro fator que pode levar a falta de libido masculina são os problemas hormonais. Um deles é a Hiperplasia Prostática Benigna (HPB), que é o crescimento excessivo da próstata, comprimindo o canal da uretra, ocasionando a falta de libido, mais comum entre homens de 40 a 49 anos. Um artigo do médico Drauzio Varella explica sobre reposição hormonal para homens, clique aqui e acesse. 

Fatores psicológicos

A tendência de falta de libido masculina é maior quando há interferências psicológicas como estresse, depressão, síndrome do pânico, ansiedade, Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), entre outros. 

Químicos

Por fim, o que pode afetar a saúde sexual do homem é a ingestão de produtos químicos, que podem afetar o funcionamento do organismo. Isso porque eles podem dificultar o recebimento de serotonina (hormônio do prazer), dificultando o alcance do orgasmo. Outro fator que pode comprometer a saúde sexual é o uso de drogas e excesso de bebidas alcoólicas.

Como diagnosticar e tratar a falta de libido masculina 

A falta de libido masculina não precisa ser encarada como um problema sem solução. Existem tratamentos específicos de acordo com cada perfil e o diagnóstico pode ser feito durante uma conversa franca com o médico especialista em saúde sexual masculina. 

Além disso, são feitos exames para verificar os níveis de testosterona no organismo e tratamentos como reposição hormonal, adoção de hábitos saudáveis e medicação apropriada para estimular a libido. 

O importante é que o homem se atente para o problema e busque ajuda profissional para ter uma vida saudável. Clique aqui e saiba todos os tratamentos disponíveis para tratar a falta de libido masculina.

tratamentos