Impotência: por que consultar um especialista em vez de se automedicar

A impotência é uma das condições clínicas que mais assusta homens de qualquer faixa etária. Afinal, ela está sempre relacionada com um possível fim da vida sexual masculina.

A impotência, entretanto, é uma condição que tem tratamento e jamais deve ser associada com a incapacidade de manter uma relação sexual para sempre.

tratamentos

Muitos homens, ao perceberem que já não conseguem obter ou manter uma ereção, tentam tratar o problema com automedicação. Devido a uma série de tabus, eles sentem vergonha de procurar um especialista.

Porém, a automedicação pode prolongar o problema em vez de resolvê-lo. Por isso, é sempre mais interessante procurar um especialista.

E quais seriam os motivos para sempre contar com esse profissional na hora de usar uma medicação? Veja as razões a seguir.

Tratar a impotência com um especialista é mais seguro

Não existe nada mais perigoso do que optar por usar um medicamento que você não conhece sem nenhuma recomendação médica.

Aliás, é perigoso até mesmo usar medicamentos que você já conhece sem prescrição médica. As circunstâncias mudam e nosso corpo pode reagir de forma diferente.

Existem medicamentos que foram popularizados para tratamentos de impotência e que são extremamente eficientes. Porém, como qualquer fármaco, eles têm contraindicações.

Portanto, o médico prescreve o medicamento adequado depois de avaliar as condições físicas do paciente por meio de exames clínicos e laboratoriais.

Por isso, ao tratar a impotência, opte sempre por consultar um especialista para garantir segurança para sua saúde. Afinal, medicamentos podem modificar de maneira significativa o funcionamento do seu organismo e de seu metabolismo.

Tratar sem conhecer a causa não cura a impotência

Imagine investir dinheiro em um medicamento que, no final das contas, não vai ajudá-lo a tratar a impotência? Isso é mais comum do que você imagina.

A impotência tem diversas causas. Em 90% dos casos, ela é desencadeada por fatores orgânicos, ou seja, por um mau funcionamento de órgãos ou sistemas.

Só um médico especialista tem expertise para analisar os exames do paciente e identificar a verdadeira causa. Então, a partir desta avaliação, ele prescreve medicamentos ou intervenções comportamentais para solucionar o problema.

Se o paciente não tiver um diagnóstico realmente preciso, ele tomará medicamentos que não são eficientes em seu caso. Assim, ele não terá o resultado esperado.

Além da frustração, a falta de resultado no tratamento pode piorar a resposta do seu organismo à condição, desenvolvendo transtornos psicológicos que se somam aos fatores orgânicos.

Por isso, procurar um especialista para receitar o medicamento em vez de se automedicar é indispensável para garantir os melhores resultados no tratamento.

Afinal, apenas o médico poderá garantir que você realmente estará tratando a condição com o medicamento que vai utilizar.

Evitar o agravamento do problema e de outras doenças

Quando o especialista diagnostica e trata a impotência, o resultado costuma ser bastante satisfatório. Por outro lado, um tratamento inadequado pode agravar o problema.

Imagine, por exemplo, que a causa da impotência é um problema no sistema circulatório. Porém, o paciente lê em algum lugar que a ansiedade causa impotência e resolve se automedicar.

Enquanto ele toma aquele medicamento que não está realmente relacionado à impotência, a condição de seu sistema circulatório se agrava.

Então, em vez de ter uma solução mais simples porque o tratamento começou de forma precoce, ele pode precisar de intervenções mais complexas porque demorou para buscar um especialista.

Portanto, a melhor alternativa é procurar um médico especialista assim que surgirem os primeiros sintomas. Isso evitará o transtorno com procedimentos mais complexos.

Também não podemos nos esquecer de que a impotência sexual pode, na verdade, ser apenas um sintoma de doenças graves, como a arteriosclerose.

Assim, os exames que o especialista solicita são fundamentais para identificar essas condições e tratá-las antes que elas gerem consequências sérias para a saúde.

Evitar remédios não aprovados pela Anvisa

A automedicação se torna ainda mais perigosa quando o paciente encontra determinados produtos pela internet.

Alguns desses produtos prometem resolver o problema com fórmulas naturais que, segundo a propaganda, não causam efeitos colaterais.

Porém, isso está longe de ser verdade. Mesmo as plantas possuem princípios ativos que podem causar efeitos colaterais, de acordo com a condição de saúde de cada pessoa.

Além disso, remédios sem aprovação da Anvisa não passaram por dois tipos de testes fundamentais. O primeiro é o de eficácia.

Portanto, não existe um estudo que comprove que os pacientes que utilizaram aquele produto realmente tiveram a solução do problema.

O segundo, ainda mais importante, diz respeito à segurança. Se o medicamento não foi aprovado pela Anvisa, isso significa que ele pode colocar a vida do paciente em risco.

Contar com o sigilo de um profissional de confiança

Infelizmente, em nossa sociedade, o tema da impotência sexual é tratado como tabu. Por isso, muitos homens não admitem o problema e têm vergonha de falar sobre o assunto.

Esta vergonha chega até mesmo ao consultório médico. Assim, muitos homens deixam de procurar um especialista ao perceberem os primeiros sintomas de disfunção sexual.

Porém, é preciso entender que um especialista é um profissional de confiança. Tudo que você disser dentro do consultório está protegido pelo sigilo médico.

Portanto, diferentemente de amigos, o que você disser em um consultório jamais será dito a outras pessoas, a menos que você autorize.

Ainda com sua autorização, o assunto será abordado apenas com outros profissionais que tratam de você.

Suponha, por exemplo, que seus exames mostraram uma alteração no funcionamento do seu coração. Nenhum medicamento que piora seu problema pode ser prescrito.

Então, o especialista pedirá sua autorização para falar apenas com seu cardiologista. Juntos, eles avaliarão a melhor alternativa para tratar a impotência sem prejudicar seu coração.

Evitar medidas desnecessárias para tratar a impotência

Você sabia que alguns medicamentos causam impotência? Como cada organismo é único, eles podem gerar esse resultado em alguns pacientes, mas em outros não.

Portanto, quando o paciente tem uma impotência causada por medicação, ele simplesmente precisa procurar o médico para trocar por outro remédio que não gere essa consequência.

Porém, quando o homem busca uma solução para a impotência sem a ajuda de um especialista, ele provavelmente encontrará um medicamento milagroso na internet.

Com isso, ele coloca sua saúde em risco duplamente. A primeira por usar uma medicação sem prescrição, que pode não trazer resultados e prejudicar seu organismo.

A segunda é que a interação entre os vários medicamentos que ele está tomando pode ser bastante perigosa, colocando a vida do paciente em risco.

Procurar um especialista vai tirar um peso dos seus ombros

Como os homens geralmente não falam de sua condição de impotência, temos a sensação errada de que, quando acometidos por este problema, somos os únicos.

Porém, isso não é verdade. Essa é uma condição que atinge uma porcentagem significativa de homens com qualquer perfil, nas mais variadas idades.

No consultório, o médico mostrará a você o quanto esse diagnóstico é comum, pelo menos em algum momento da vida.

Assim, você entenderá que não é o único a tratar do problema e que não precisa sentir-se inferior ou com a autoestima abalada por isso.

Tratar com um especialista garante o amparo e acompanhamento necessários

O suporte no tratamento da impotência pode ser indispensável para o paciente que está sofrendo com essa condição há algum tempo.

O profissional especialista nessa área é capaz de prestar auxílio ao paciente, amparando-o e informando o papel de cada componente do tratamento.

Embora apenas 10% dos casos de impotência sexual sejam causados por problemas psicológicos, o especialista saberá quando é fundamental encaminhá-lo à terapia.

Assim, você tem a segurança de que seu tratamento engloba todas as suas necessidades, o que garante mais tranquilidade para seguir os procedimentos e aguardar os resultados.

Consultar um especialista em vez de se automedicar é um cuidado essencial para a saúde do homem que está combatendo a impotência.

Então não perca tempo! Marque sua consulta agora mesmo e tenha um diagnóstico preciso e acompanhamento completo.

Rate this post
tratamentos