Ejaculação precoce tem cura? Descubra como a Medicina aborda esse problema

Ejaculação precoce tem cura? O problema é muito mais comum do que a maioria dos homens imagina.

Os tabus que ainda rondam o assunto e até a vergonha de falar sobre isso, impedem que muitos homens procurem o auxílio de um médico.

tratamentos

Alguns homens não sabem que esse problema tem tratamento, com procedimentos avançados oferecidos por clínicas especializadas em saúde sexual masculina.

E você, quer saber mais sobre a solução deste problema? Então, não perca este post!

O que é a ejaculação precoce?

A ejaculação precoce é uma disfunção sexual que afeta quase 30% dos homens. Portanto, trata-se de um problema bastante comum.

O problema surge independentemente da idade, etnia ou condição socioeconômica. O diagnóstico acontece quando a ejaculação ocorre rapidamente, logo após a estimulação sexual.

As principais características são:

  • breve tempo para a ejaculação (muitas vezes menos de um minuto);
  • falta de controle sobre a ejaculação.

O que causa a ejaculação precoce?

Embora a ejaculação precoce possa ter origem física, ela também pode ter uma causa emocional.

A ejaculação precoce por motivos físicos normalmente está relacionada à pele genital super-sensível. Porém, também pode ser causada por reflexos hiperativos, excitação extrema ou atividade sexual infrequente.

Mas quando nenhum desses problemas é observado com exames específicos, alguns médicos fazem uma avaliação mais aprofundada do estado emocional do paciente.

Assim, homens que estão passando por uma fase de estresse aguda, medo, angústia e depressão podem apresentar a ejaculação prematura.

No entanto, ainda existem outros fatores de risco que podem levar à ejaculação precoce. Eles incluem genética, consumo de álcool e drogas, infecção da próstata ou uretra, entre outras doenças.

Mas afinal, a ejaculação precoce tem cura?

Existem diferentes tipos de tratamentos. Afinal, as causas para a ejaculação precoce podem variar.

Primeiro será preciso passar em um médico especialista em saúde sexual masculina. Então, ele realizará exames clínicos e laboratoriais para determinar a causa do problema.

Assim, com uma investigação sobre as causas, o médico indicará os melhores procedimentos para tratar o paciente.

Entenda quais são as opções de tratamento:

Terapia sexual

A terapia sexual permite que o homem descubra e aprenda a utilizar estratégias para retardar sua ejaculação.

Então, o profissional propõe uma série de exercícios que ajudam o paciente a controlar o tempo de sua ejaculação. Veja alguns exemplos:

Masturbação

O terapeuta pode propor ao paciente que ele se masturbe pelo menos uma ou duas horas antes de uma possível relação sexual.

Assim, no momento da relação, seu corpo terá uma resposta sexual mais lenta, evitando que uma nova ejaculação aconteça já nos primeiros minutos.

Outra técnica utilizada é a masturbação interrompida. Então, neste caso, o homem estimula o próprio pênis até o momento em que ele sente que vai ejacular.

Porém, ao perceber a proximidade da ejaculação, ele pressiona a base da glande. Como resultado, ele evita a expulsão do sêmen.

Desta forma, ele adquire gradualmente o controle sobre seu tempo de ejaculação.

Redução do estímulo

É importante entender que muitos homens ejaculam rapidamente porque eles se sentem hiperestimulados durante a relação.

Portanto, uma das alternativas é reduzir esse estímulo, e isso pode acontecer de diversas formas.

Uma das estratégias é a adoção de posições que estimulam menos o pênis durante o ato sexual. Também é possível demorar mais em outras etapas da relação que não envolvem a penetração.

Finalmente, o mercado já disponibiliza preservativos que contêm, em seu lubrificante, substâncias e cremes que reduzem a sensibilidade nessa região.

Medicamentos para ejaculação precoce

Outra opção para o tratamento da ejaculação precoce é o uso de medicamentos. Existem substâncias, algumas delas presentes em antidepressivos, que retardam o orgasmo.

No entanto, é importante entender que o antidepressivo não foi feito para tratamento da ejaculação precoce. Esse é um efeito colateral do medicamento.

Por isso, é fundamental tomar o remédio na dose prescrita pelo médico e durante o período determinado para o tratamento.

Não é seguro tomar medicamentos comprados na internet, sem prescrição médica. Eles podem ser falsos ou simplesmente ineficazes para o tratamento.

No caso dos antidepressivos, esse cuidado é ainda mais importante. Afinal, ele pode ser um grande auxílio para o paciente mas, em dose inadequada ou procedência duvidosa, também pode gerar diversas consequências negativas.

Ejaculação precoce tem cura com psicoterapia?

A psicoterapia é um tratamento eficaz para a ejaculação precoce, desde que prescrita corretamente. Afinal, se a verdadeira causa for orgânica, ela não terá o efeito desejado.

Porém, quando a ejaculação precoce do paciente é causada por problemas psicológicos, a psicoterapia é indispensável.

Isso acontece especialmente quando a origem do problema é um trauma da infância ou adolescência, de outros relacionamentos, estresse ou ansiedade.

O tratamento com o psicoterapeuta é útil para a solução de diversas questões. Inclusive, embora esses traumas gerem uma disfunção sexual, geralmente eles também afetam outras áreas da vida do paciente.

Portanto, ao tratar a ejaculação precoce com psicoterapia, o paciente descobrirá que ele pode ter um desempenho melhor em muitos outros aspectos.

A abertura do paciente com o médico é fundamental. Quanto mais ele expor seus traumas e acontecimentos passados, maiores serão as chances de entender e tratar a causa do problema.

Qual é o melhor tratamento para a ejaculação precoce?

Até aqui, você já percebeu que a ejaculação precoce tem cura. Porém, qual dessas opções é o melhor tratamento?

Na verdade, o melhor tratamento é aquele que atende às suas necessidades. Se o paciente investe em psicoterapia, por exemplo, mas seu problema tem causa orgânica, o resultado não será satisfatório.

O contrário também acontece. Afinal, existem pessoas que consideram mais fácil tomar remédios do que resolver os traumas que levam à manifestação do problema. Mais uma vez, o resultado não será satisfatório.

Portanto, é fundamental buscar um médico especialista para que ele investigue as causas e proponha um tratamento eficaz para a ejaculação precoce.

Quer saber mais? Assista abaixo o vídeo do Doutor Emílio Sebe, médico especialista em saúde sexual masculina na Lifemen:

Não deixe este sintoma se agravar, procure hoje mesmo um especialista e desfrute de uma vida sexual saudável. Agende sua consulta com a Lifemen!

5/5 - (1 vote)
tratamentos