Disfunção erétil: 5 razões para tratar ainda hoje esse problema

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

disfunção erétil

A disfunção erétil é um distúrbio sexual que pode ter intensidade baixa, moderada ou grave. Pode ser um problema passageiro, mas também pode ser permanente. Pode atingir homens de qualquer idade, inclusive jovens, mas é mais frequente acima dos 40 anos. Ela é muito comum no mundo todo, provocada por diferentes causas.

tratamentos

Leia o post e veja algumas boas razões para você tratar a disfunção erétil o quanto antes!

1.  Quanto mais você demorar em iniciar o tratamento, a disfunção erétil pode piorar

Esta é uma regra básica para todas as doenças e distúrbios — quanto mais a pessoa demorar em realizar o tratamento, mais o problema pode se agravar.

Por exemplo, quanto mais cedo se identifica o câncer, menos difícil e menos doloroso será o tratamento. Quando o câncer já está muito avançado e o paciente ainda não realizou nenhum tratamento, corre-se mesmo o risco de não ser possível fazer mais nada.

A disfunção erétil pode ser tratada, sendo, portanto, um problema reversível. No entanto, se o homem demora muito a se consultar e dar início ao tratamento correto, o quadro clínico pode ficar pior e exigir mais tempo, mais esforço e mais custos para o paciente.

2. A disfunção erétil impede o usufruto de uma relação sexual plena e satisfatória

Sofrendo de disfunção erétil, o homem não poderá desenvolver bem as relações sexuais, para que fiquem mais duradouras e satisfatórias.

Problemas no sistema eretor influem tanto na qualidade quanto na duração da ereção. O pênis pode não alcançar uma rigidez suficiente, ficando meio flácido. Poderá também não manter essa ereção por um período suficiente para uma relação satisfatória.

Há casos em que a ereção não chega a ser suficiente para a penetração, o que impossibilita efetivamente o transcurso sexual.

disfunção erétil

3. A disfunção erétil pode ser um sintoma de outro problema mais grave

A disfunção erétil pode estar associada a outros problemas de saúde. Por exemplo, doenças cardiovasculares afetam o fluxo sanguíneo no organismo, podendo atrapalhar o fluxo e a concentração de sangue no pênis, dificultando a ereção.

Logo, talvez, ao tratar sua disfunção erétil, o médico descubra que você também é portador de outra doença e possa te orientar sobre o que deve fazer.

O médico costuma fazer exames clínicos e solicitar exames de laboratório quando necessário. Esses exames podem apontar para algum outro distúrbio em sua saúde e você poderá tratar-se o quanto antes.

4. A automedicação não é recomendada

Outro motivo para você fazer um tratamento especializado é que a automedicação pode ser nociva à sua saúde.

Muitos homens, diante de um quadro de disfunção erétil, acabam ingerindo remédios por conta própria, principalmente drogas fortes que só podem ser consumidas na dosagem adequada.

Usar remédios sem orientação médica pode causar graves danos à sua saúde, podendo piorar a doença ou provocar outros problemas. Principalmente, pessoas hipertensas e com doenças cardíacas podem ser afetadas negativamente com o consumo incorreto dessas substâncias.

5. A sua relação com a parceira pode depender de um bom tratamento

Infelizmente, outra possível consequência da disfunção erétil é o rompimento da relação a dois. Há parceiras que podem ser mais compreensivas e até apoiar o homem na busca por uma solução. Outras, contudo, sentindo-se insatisfeitas, podem romper o relacionamento (até mesmo o casamento) — especialmente, se ainda forem jovens.

Mesmo ajudando  o parceiro, se ele não buscar tratamento adequado e, aparentemente, o seu quadro clínico parecer irreversível, a mulher poderá se desestimular e acabar se distanciando dele.

Ainda que não aconteça um rompimento efetivo, a vida sexual do casal fica muito prejudicada por causa da disfunção erétil, o que não é satisfatório para nenhum dos dois.

Você está sofrendo de disfunção erétil? Ainda não procurou tratamento especializado? Sente vergonha sobre esse cenário? Lembre-se de que a saúde sexual deverá ser prioridade em sua vida! Aproveite e deixe seu comentário.

tratamentos