A importância da higiene na saúde sexual masculina

Manter o corpo limpo é um assunto sério, que traz vários impactos à saúde. E quando se trata da importância da higiene na saúde sexual masculina, o tema se torna ainda mais relevante.

A falta de higiene correta pode gerar uma série de problemas como infecções, assaduras e até mesmo câncer. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia, por ano, ocorrem cerca de mil amputações do órgão genital masculino.

tratamentos

Isso acontece porque, diferente da educação das meninas, os meninos recebem menos orientações sobre a importância da higiene bem feita. Assim, embora as mulheres tenham a genitália muito mais complexa, eles falham na limpeza.

Por isso, decidimos tratar deste assunto e esclarecer as principais dúvidas que chegam aos nossos consultórios. Ficou interessado? Continue a leitura!

A diferença de perspectiva da higiene na saúde sexual masculina

Um equívoco bastante comum quando o assunto é saúde sexual do homem, é ligar a saúde íntima masculina com sexualidade.  

Na maioria das vezes, a saúde íntima masculina é associada apenas à sexualidade, o que é um grande equívoco. Independentemente de ter uma vida sexual ativa ou não, os órgãos genitais fazem parte do nosso corpo e precisam de uma atenção preventiva.

Se com as meninas os cuidados e informações começam na primeira infância, tratamos o mesmo tema, com os meninos, de forma bem diferente, quase como se fosse um tabu.

O que todos precisam saber é que higiene é muito mais do que lavar as partes do corpo com água e sabonete, na hora de tomar banho.  Então, vamos falar um pouco mais dos cuidados necessários para manter a saúde em dia?

Quais são os principais cuidados com a higiene masculina?

Higiene na saúde sexual masculina: cuidados no banheiro

Desde cedo, ensinamos aos meninos que é preciso balançar o pênis depois de urinar. Acontece que a urina é rica em amônia e um forte meio de cultura para bactérias.

Portanto, o ideal para depois de fazer o xixi seria lavar a glande. No entanto, como sabemos que essa prática nem sempre é possível, a alternativa mais próxima disso seria ao menos, secar a glande.

No caso dos meninos, uma boa opção é carregar lenços umedecidos para essa situação, lembrando que não é para deixar o órgão úmido, já que a umidade também é ótima para a proliferação de bactérias.

Higiene na saúde sexual masculina: limpeza das mãos

As mãos precisam ser frequentemente lavadas. Afinal, quando estão sujas, elas são ótimas condutoras de infecções e doenças.

No caso dos meninos, lavar as mãos antes de ir ao banheiro faz toda a diferença, já que eles obrigatoriamente tocam no pênis a cada vez que urinam. Depois de fazer xixi, deve-se lavar as mãos novamente.

Higiene masculina: cuidados no momento do banho


Além de lavar o pênis com água e sabonete, os meninos e homens precisam estar atentos aos detalhes dos cuidados. Apenas molhar ou ensaboar o órgão superficialmente não promove a limpeza necessária.

É fundamental fazer a higiene correta, puxando a pele que envolve a glande para trás e deixando-a completamente exposta. Então, essa região deve ser lavada e devidamente higienizada.

Um detalhe importante é lavar toda a região até que o esmegma, aquela secreção esbranquiçada, seja totalmente retirada.

Higiene após as relações sexuais


Depois das relações sexuais, mais cuidados: muita água e sabonete na região, mesmo com o uso de preservativo. Portanto, muitas vezes o homem precisa mudar seus hábitos para não dormir logo após o ato e deixar o pênis sujo.

Pelos pubianos e higiene na saúde sexual masculina

Os pelos pubianos fazem parte do sistema de proteção do organismo para essa região. Por isso, não existe a necessidade de depilá-los, deixando a pele lisa.

Para que eles não prejudiquem a higiene da região íntima, basta lavá-los diariamente e mantê-los aparados. Isso é suficiente para evitar a maioria das infecções.

A influência da roupa íntima na higiene e saúde sexual masculina

Existe uma relação direta entre a roupa íntima masculina e a saúde sexual. Essa relação se estende além da higiene, pois começa na própria escolha das peças mais adequadas. Entenda o porquê nos tópicos a seguir!

Roupa íntima adequada para a saúde sexual masculina

As orientações com as roupas íntimas dos homens são as mesmas que as das mulheres. Prefira peças de algodão, pois elas absorvem mais o suor e permitem que a região respire, diminuindo bastante o risco de infecções por umidade.

Outra orientação simples é evitar peças apertadas que, além de desconfortáveis, não permitem que os testículos fiquem na temperatura ideal.

Cuecas apertadas não permitem que os testículos se mantenham na posição normal, pois eles são pressionados contra a região do períneo. Ocorre um aquecimento excessivo, que prejudica inclusive a produção de espermatozoides.

Higiene das peças íntimas para a manutenção da saúde sexual

Além disso, lavar as peças logo após tirá-las faz diferença. Quando deixamos roupas íntimas muitos dias para lavar, a higiene dessas peças torna-se mais difícil e elas podem, inclusive, contaminar outras roupas.

Portanto, o ideal é lavar as peças logo após o uso. Se isso realmente não é possível, recomenda-se que a manutenção das cuecas em um cesto separado, e não junto com as outras roupas da casa.

A higiene é determinada por hábitos. Quando nos acostumamos a fazer o que é melhor para o nosso corpo, isso se torna automático. Quando aprendemos uma conduta que não é a mais adequada, fica mais difícil mudar.

Por isso, se você tem filhos em casa, oriente-os ainda enquanto pequenos. O cuidado com a saúde sexual dos meninos deve começar desde a primeira infância.

Explique a importância da higiene, use uma linguagem acessível à criança, incentive hábitos adequados e eles terão uma saúde sexual melhor no futuro.

Porém, se você já é adulto e identificou que não está fazendo a higiene correta, comece a tomar os cuidados necessários. Você pode não ter os melhores hábitos agora, mas sua consciência o ajudará a mudar para desfrutar de uma saúde sexual plena.

Entendeu qual é a importância da higiene na saúde sexual masculina? Compartilhe este post com sua companheira para que ela também oriente seus filhos da melhor forma possível.

Rate this post
tratamentos