5 hábitos que podem levar à ejaculação precoce

ejaculação precoce

A ejaculação precoce é um dos problemas sexuais que mais atingem a população masculina. Trata-se de um distúrbio que limita bastante a satisfação sexual e geralmente causa no homem a ideia de que o desempenho dele não é bom o suficiente. Enfim, o casal sofre com o problema.

tratamentos

É necessário buscar uma solução para a ejaculação precoce, mas também é possível prevenir-se e evitá-la.

Veja a seguir 5 hábitos que podem levar o homem a desenvolver a ejaculação precoce!

1. O sedentarismo pode ser uma causa do distúrbio

Homens sedentários são aqueles que permanecem a maior parte do dia parados, sentados ou até deitados, assistindo à televisão. A falta de exercícios corporais prejudica o organismo em todos os aspectos, inclusive no sexual.

Aparentemente, parece um pouco difícil entender por que o sedentarismo pode levar à ejaculação precoce. Porém, a verdade é que nosso organismo é um complexo integrado de órgãos e funções, e muitas atitudes (ou falta de atitudes) repercutem em áreas diferentes que, em uma primeira análise, parecem não ter ligação alguma com as causas.

O sedentário é, de forma resumida, uma pessoa “mole” e esse adjetivo não é compatível com a atividade sexual. Exige-se do pênis uma ereção firme e resistente para prolongar a relação. O que é a ejaculação precoce senão uma antecipação para reduzir o esforço?

Movimente-se mais, pratique exercícios com regularidade e perceberá que é possível combater e evitar a ejaculação precoce.

2. A alimentação deficiente também pode conduzir à ejaculação precoce

Pessoas sedentárias geralmente se alimentam mal. E uma dieta mal elaborada não contribui para uma relação sexual satisfatória. O homem precisa de proteínas, carboidratos, minerais (como magnésio e zinco), vitaminas na medida certa para evitar uma ejaculação rápida e frustrante.

A serotonina, por exemplo, é uma substância encontrada no cérebro que contribui para intensificar a libido e combater a ejaculação precoce. Certos alimentos ajudam na liberação de serotonina.

O ideal é ter um cardápio variado que contemple todas as suas necessidades orgânicas e favoreça a saúde e o desempenho sexuais.ejaculação precoce

3. Deixar-se controlar por emoções negativas atrapalha a relação sexual

É ato comprovado que homens muito ansiosos, que se deixam controlar pelo medo, pela aflição, pela insegurança e por outras emoções negativas tendem a passar por experiências de ejaculação precoce.

Tanto é assim que muitos jovens, durante suas primeiras relações, enfrentam a ejaculação precoce, pois ficam muito nervosos diante do corpo feminino ou com medo de serem flagrados.

É preciso aprender a ter domínio sobre essas emoções e não deixar-se dominar por elas.

4. O hábito de fazer sexo sem preliminares pode favorecer a ejaculação precoce

Há homens que desenvolvem um desempenho melhor quando “vão direto ao assunto”, mas criar um clima de desejo e excitação é uma boa recomendação dos profissionais que estudam o comportamento sexual.

Assim, as massagens, os beijos, as brincadeiras, os abraços, as provocações da mulher — tudo pode contribuir para que o homem vá alimentando, acumulando e controlando sua libido de modo a oferecer um melhor desempenho, caracterizado por uma relação mais prolongada.

O importante é saber respeitar os limites de excitação, pois se isso não for feito pode acontecer justamente o contrário.

5. A prática de vícios é um fator de risco

Homens que fumam demais, bebem muito ou consomem drogas podem desenvolver a ejaculação precoce.

Os vícios exercem efeitos negativos sobre todo o organismo. Em relação à saúde sexual, eles podem levar à impotência, à perda da libido, à redução na quantidade de sêmen e também à ejaculação precoce.

Liberte-se dos vícios que comprometem o desempenho sexual o quanto antes!

Já sofreu por causa da ejaculação precoce? Procurou ajuda profissional? Tem cultivado hábitos saudáveis? Deixe seu comentário e resolva esse mal.

 

5/5 - (1 vote)
tratamentos